quinta-feira, 24 de setembro de 2009

Há dias assim...

Há dias de confusão. Queremos andar para a frente, mas só conseguimos olhar para trás. Queremos que o mundo mude, mas não o conseguimos mudar sozinho. Queremos estar lá, mas já não nos deixam.

2 comentários:

Rui Oliveira disse...

é por etapas que funcionam estes dias. ou nos prejudicam, ou somos nós a prejudicarmo-nos. parece que aquela manta cinzenta teima em não sair daqui de dentro...

Inês disse...

(esse título é meu) *